O Novo Livro do Andrea Iorio: “6 Competências para Surfar na Transformação Digital”

Sem categoria

Desde criança, eu sempre tive uma paixão enorme por literatura.

Já desde cedo, mesmo brincando com a minha mãe e meu irmão recém-nascido na praia, sempre estava com livro (no caso, desenhos!) na mão.

Na adolescência, rocava facilmente uma noite de leitura às festas com os amigos, porque para mim viver, mesmo que com a mente, as situações das obras que eu estava lendo era algo unico, libertador. Sempre carrego um livro comigo, para ler mesmo nas situações mais diferentes (prova abaixo, no Mar Morto, em Israel).

Sempre tive um leque bem amplo de interesses e inspirações literárias: desde os romances do autor do Clube da Luta, o Chuck Pahlaniuk (provavelmente o meu escritor preferido), para os clasicos da literatura grega e latina, como a Iliade grega do Homero atè a Eneide romana do Virgilio, até os relatos jornalísticos de viagens pelo mundo (confesso, tinha vezes que eu lia guias Lonely Planet de cabo a rabo), nao passava semana sem que eu devorasse um livro.


Sinceramente, minha maior aspiração na vida era me tornar escritor.
Escrevia muito, seja para tarefas escolares mas também muito por fora, em casa ou mantendo diarios das viagens que tive a sorte de fazer com o meu pai, particularmente na Asia e no Oriente Medio.

Mas nunca me considerei talentoso.

Alias, nao acredito muito em talento.
Mas escrevi muito, oh se escrevi.

Na epoca do colegio, em uma viagem para Nova York, fui ate o campus da Columbia University para me informar sobre o curso de jornalismo deles: esse era o jeito que queria aplicar essa minha paixao, à contribuição da informação no mundo. Acabei escolhendo faculdade de Economia, mas essa è outra história.


Fast forward para hoje: esse meu sonho de criança està sendo concretizado no Brasil, onde eu moro ha 8 anos, com um livro sobre as 6 principais competências humanas a se desenvolver e aprimorar no cenário de transformaçao digital a ser publicado pela Editora Planeta.
O livro è fruto de experiencia que acumulei com meus anos a frente do Tinder – cujos times e estilos de liderança incorporavam essas competências – e como investidor de outros aplicativos que desafiaram o status quo, como o Zen de meditação, e o Filmr de edição de videos.
O livro traz varios insights de áreas como a sociologia, neurociências, antropologia, filosofia e de uma forma geral, das humanas, pois ao final acredito muito que “transformação digital nao è apenas um assunto de tecnologia, mas principalmente de pessoas”, e se inspira á teorias de autores como o Jared Diamond e o Yuval Harari.

Ele nasceu a partir do sucesso de uma palestra que me levou aos 4 cantos do Brasil, e o livro se enriqueceu a partir de todas as perguntas, inputs, questionamentos e debates que se geraram com o publico da palestra. Foi verdadeiramente um trabalho colaborativo!


O livro serà lançado a breve. Mal consigo conter a emoção de pela primeira vez nao ser apenas um leitor, mas de ter a honra do meu nome estar na capa.

Prova que nunca è para se desistir de sonhos de criança, mesmo que a vida nos leve por caminhos aparentemente sem fio conductor. Nunca desista!

A obra trata das competências básicas que todo profissional que deseja se sair bem em meio à transformação digital precisa dominar – seja em start-ups digitais com novos modelos de negócios, ou em empresas tradicionais que buscam se adaptar às mudanças trazidas pela tecnologia. Eu, que assumi o cargo de Chief Digital Officer da divisão de produtos profissionais da L’Oréal em 2018, desmistifico a crença de que a transformação digital se restringe a debates técnicos ou aos departamentos de inovação das grandes empresas. O foco é na dimensão humana, aquela que não poderá ser substituída pela automação e inteligência artificial.

“Transformação digital não é um termo sobre tecnologia, mas sim sobre pessoas. É um termo humano, sobre comportamento humano. E, no mundo dos negócios, não é diferente: é sobre como escalar um negócio por meio de novas competências dos times, tendo as ferramentas digitais como meio” digo no livro.

Nele exploro temas como flexibilidade cognitiva, execução inovadora, conhecimento sobre comportamento humano, pensamento crítico, crescimento sustentável e altruísmo digital como garantia de sucesso em tempos disruptivos.

A Martha Gabriel, que escreveu a Prefácio deste livro, diz que “Este livro é essencial para aqueles que estão envolvidos em qualquer processo de transformação digital, pois ele foca na mola-mestra por trás de qualquer revolução: o ser humano”. 

Comentários

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Pellentesque fringilla accumsan augue, a vulputate lacus eleifend ut. Interdum et malesuada fames ac ante ipsum primis in faucibus